Escolher e ser escolhida

Bom, o assunto de agora é o momento da escolha do curso. Pra começar, você terá que escolher três opções de curso/universidade, sempre levando em consideração se as notas do seu teste de proficiência atingem os níveis que cada universidade exige. Eu comecei minha busca baseada primordialmente pela escolha da cidade. SIM, Londres é um sonho desde muito tempo e não poderia deixar de querer viver essa cidade todos os dias. Olha só pra isso!
IMG_1015

Observando quais as universidades estavam participando do edital e quais estavam oferecendo o curso de Arquitetura OU Urbanismo (porque lá estes são cursos diferentes) tive que fazer minha escolha. Primeiramente, nenhuma das universidades que estavam oferecendo o curso “Architecture (K100)” em Londres eram as mais conceituadas no país. OK, tive de lidar com isso, me acostumar com a ideia de que meu possível destino não seria uma baita universidade, com renome internacional e etc. Outro ponto que tive que engolir foi a não-oferta de cursos como Urban Planning ou alguma coisa relacionada a isso, e no momento era o que mais eu estava empolgada aqui no Brasil a fazer. Bom, mas draminhas a parte, de qualquer maneira esta seria uma experiência magnífica, não é? Então, toquei o foda-se.

Fiquei presa no dilema de, ou escolher o curso que eu mais gostaria de fazer, ou a cidade que eu iria ficar. Acabei escolhendo pela cidade, como vocês já notaram né. Londres seria minha primeira opção, portanto, mas eu ainda teria outras duas opções a fazer. Nesse momento que bateu uma indecisão imensa, porque como vocês devem imaginar, Londres é uma cidade muito concorrida, muita gente aplica pra lá e eu estava com receio de acabar não sendo escolhida pela minha primeira opção. Nesse momento, tomei uma decisão: iria escolher a melhor Universidade que oferecesse Architecture em Londres como primeira opção, mas na segunda opção escolheria pelo curso, e a terceira eu voltaria a escolher pelo fator cidade, só no caso de tudo dar errado mesmo. Minha application ficou assim, olha:
application

Depois que você faz a escolha e encaminha junto com a application os documentos que eu citei no post anterior (PS, Passport Photo Scan, Academic Transcript e o English Language Certificate) você vai se descabelar de curiosidade e ansiedade até que chegue a famosa OFFER. Ai meu deus vocês não têm noção de quanta ansiedade a gente passa até que eles comecem a mandar as Offers, que nada mais são do que o indicativo de que a Universidade lá do UK está te querendo, e só falta você dizer que sim. Pra quem acompanha os grupos do CsF no facebook, você começa a receber notificações de pessoas que já estão recebendo suas offers, e você ainda nada. E passa mais um dia, e nada. E aí você começa a ficar realmente preocupada…Até que você desiste de se preocupar com isso, e meio que se convence de que seja o que for, você tá no lucro. E numa daquelas manhãs manhosas e preguiçosas, que você levanta meio sem estar totalmente acordada, e dá uma olhada nas suas notificações do celular, lá está o e-mail de título: YOU HAVE AN OFFER!

Uffffffffff. O e-mail não diz nada além de que eu teria 48h para aceitar a oferta de vaga, e quem é que vai ser imprudente o suficiente pra recusar, né? hahaha. Aí começa o segundo nervosismo, saber quem é que enviou a offer. Ai meu coraçãozinho! Entrei no student portal e estava lá:

offer

E portanto estava certo: EU ESTARIA ME PREPARANDO PARA VIVER UM ANO EM KINGSTON, que fica na Grande Londres!! Sentimento de missão cumprida, de alívio e de nervosismo por me dar conta de que tudo isso era mesmo real. A partir daqui eu aceitei a offer no portal, esperei o e-mail do CNPq com o Termo de Aceite de Bolsa e anexei tudo no e-fomento.

O contato sobre os próximos procedimentos foram feitos direto com o pessoal da Kingston University. Ainda faltava enviar o portfolio para avaliar em qual ano do curso eu seria encaixada, minha acomodação e demais detalhes que contarei em um outro post.

Acompanhem o blog para não perder nenhuma postagem! É só clicar em “SEGUIR” no final do menu lateral e pronto!
Obrigada e see ya!ass

O Programa CsF

Olá 😉
Fiz um post que vai funcionar como uma página fixa aqui no blog, no menu ao lado, contando um pouco sobre os primeiros processos de inscrição no programa e tudo o que é preciso começar a providenciar se você tem a intenção de participar do CsF. É só clicar AQUI para ser redirecionado para a página.CsF

Ah, e se você quiser receber as atualizações aqui do UK for a Year, é só cadastrar seu e-mail no campo “seguir” no fim do menu lateral e acompanhar o blog.
Até logo!

ass